Início » Assembleia Legislativa » ARANTES PARTICIPA DO ASSEMBLEIA FISCALIZA QUE OUVE COMANDANTE DA PM
Geral

ARANTES PARTICIPA DO ASSEMBLEIA FISCALIZA QUE OUVE COMANDANTE DA PM

O vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Antonio Carlos Arantes participou na terça-feira (18/06/19) de mais reunião do Assembleia Fiscaliza. A audiência pública ouve as lideranças do Governo Zema sobre o trabalho desenvolvido nos primeiros cinco meses e meio. Dessa vez, o convidado foi o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Giovanne Gomes da Silva.

Ele falou sobre a situação da corporação; da necessidade de investimentos em tecnologia e de aumento do efetivo e mostrou dados que comprovam a queda da violência. Segundo o coronel, houve umaredução de 27% dos crimes violentos em Minas; os homicídios caíram 17%; e teve uma diminuição de 29% dos roubos consumados.

Arantes considerou positivo o resultado: “O coronel Giovanne foi muito competente na sua apresentação. Ele demonstrou com números e gráficos que a PM está fazendo seu trabalho no combate à criminalidade. O nosso grande problema ainda é a falta de segurança no campo. Podemos sentir que houve uma melhora, mas há muito a ser feito”, ponderou.

Em resposta, o coronel Giovanne informou que, para melhorar o atendimento no campo, é preciso trocar as viaturas que atendem a zona rural, assim como criar rotas de patrulhamento e fazer o georreferenciamento das propriedades, para que seja mais fácil chegar aos locais onde ocorrem os crimes. O comandante anunciou ainda uma mudança operacional que favorecerá o campo. Segundo ele, a polícia ambiental também atuará no combate ao crime: “A polícia ambiental foi treinada e recebeu novos armamentos para ajudar no policiamento rural. Com isso, aumentaremos nossa força e presença”, afirmou.

Arantes questionou ainda sobre os roubos a bancos, que assustam a população. O coronel Giovanne informou que houve queda no número de ocorrências: “Nós reforçamos o efetivo no interior e, com isso, tivemos uma redução de 52% nas explosões de caixas eletrônicos. Tanto que, neste mês, ainda não tivemos nenhuma explosão. No ano passado foram oito, nesse mesmo período”, garantiu o comandante.


Dep. Antonio Carlos Arantes

Sobre a questão dos plantões regionalizados, o deputado sugeriu que as ocorrências fossem registradas por meio digital, usando serviços de internet, evitando o deslocamento de policias: “Quando a polícia saicom o infrator para registrar a ocorrência na regional, que está em outra cidade maior, o município pequeno fica descoberto”, argumentou. O coronel Giovanne disse que esse problema está sendo minimizado com a implantação do Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO) que, em breve, estará presente em quase todo o Estado.

Verifique também

DEPUTADO ARANTES PARTICIPA DE REUNIÃO PELA DESBUROCRATIZAÇÃO NA FIEMG

A convite do presidente da Frente Parlamentar Pela Desburocratização, deputado Guilherme da Cunha, o vice-presidente da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *