Início » Agropecuária » Arantes reivindica política para o setor cafeeiro no Ministério da Agricultura

Arantes reivindica política para o setor cafeeiro no Ministério da Agricultura

Preocupado com a grave crise do café que tem deixado os produtores rurais em situação dificílima, o deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) esteve no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em Brasília, nesta quarta-feira (06/11), para reivindicar políticas públicas do Governo Federal com o objetivo de minimizar a grave crise do café. Como o ministro Antônio Andrade está em missão na China, a audiência aconteceu com o ministro interino e secretário de Produção e Agroenergia do MAPA, Gerardo Fontelles, e a chefe de gabinete do Ministério, Cleide Laia.

O Ministério da Agricultura vai propor ao Ministério da Fazenda o alongamento da dívida dos cafeicultores, as vencidas e as que vão vencer nos próximos dias. Os produtores terão cinco anos para pagar e mais um ano de carência.

Além disso, o Governo aportará R$ 400 milhões do do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para fazer um novo Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro).

Outra medida anunciada foi a de que o produtor poderá vender antes do vencimento as opções de venda de café do mês de março.

“Eu e o secretário Carlos Melles em conjunto com o governador Anastasia, o secretário de Agricultura de Minas, Elmiro Nascimento, e diversas lideranças do setor cafeeiro do Estado estamos cobrando do Governo Federal medidas efetivas para que o produtor de café não sofra como vem sofrendo há anos. A situação não pode ficar como está e temos feito de tudo para sensibilizar a presidente Dilma Rousseff em relação a isso. Medidas paliativas não resolvem a crise. Falta um posicionamento claro, firme e decisivo do Governo Federal. Os cafeicultores não podem continuar pagando porque o Governo não toma medidas de incentivo e proteção”, argumentou Arantes.

 

No Ministério do Desenvolvimento Agrário, Arantes critica falta de recursos da Conab

 

Ainda em sua viagem a Brasília, o deputado participou do seminário sobre Aquisições Públicas no Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Na ocasião, ele falou sobre os problemas enfrentados pelos produtores rurais do Estado porque a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) não repassou nenhum recurso ao longo de todo este ano para Minas. “Entendemos que a entidade passou por sérios problemas, mas os Estados não podem continuar pagando por isso. Os recursos da Conab são de fundamental importância para o produtor e várias entidades como creches, asilos e APAES dependem dos alimentos do programa federal”, afirmou Arantes.

Verifique também

DEPUTADO ARANTES PARTICIPA DE SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL

Participei, ao lado do Governador Romeu Zema, da abertura Seminário de Gestão Pública Municipal: Novas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *