Início » Assembleia Legislativa » AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALMG DEBATE AMPLIAÇÃO DE VOOS NO AEROPORTO DA PAMPULHA

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALMG DEBATE AMPLIAÇÃO DE VOOS NO AEROPORTO DA PAMPULHA

A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza, nesta terça-feira (25/4/17), às 10 horas, no Auditório, audiência pública para avaliar a possibilidade de retorno de voos interestaduais nAeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte.

O requerimento para a realização dessa audiência é de autoria dos deputados Antonio Carlos Arantes (PSDB) e Roberto Andrade (PSB).

O deputado Arantes se diz preocupado com a possível reativação do Aeroporto da Pampulha: “Quando se fala em voos de grande porte, realmente não faz sentido investir nos dois aeroportos de Belo Horizonte. Isso colocaria em risco todos os recursos que já foram e ainda serão destinados para o Aeroporto de Confins”, adverte.

Para Arantes, Pampulha não atende às normas de segurança para esse tipo de demanda, pois a região no entorno do aeroporto é toda povoada.

O deputado Roberto Andrade (PSB), coautor do requerimento, também é contra a reativação do aeroporto: “Se Pampulha for reativado, o de Confins será esvaziado, podendo comprometer sua viabilidade econômica. Incrementar os voos domésticos é uma das prioridades para impulsionar o crescimento do Aeroporto de Confins, aumentando as conexões com todo o País. O assunto deve ser discutido com muita cautela”, pondera.

Desde o início deste ano, o prefeito de Belo Horizonte tem manifestado o desejo de retomar as operações no aeroporto da Pampulha, que conta apenas com voos executivos e os previstos no Projeto de Integração Aérea Regional (Pirma), do Governo do Estado, que liga 17 municípios mineiros a Belo Horizonte, por meio de aeronaves de pequeno porte.

Moradores da Pampulha e a concessionária responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, são contrários à medida. Como consequências imediatas, apontam o aumento da poluição sonora na região e um impacto direto nos preços das passagens em Confins devido à queda no número de voos.

Para participar da audiência pública foram convidados representantes de várias entidades. Entre eles: o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Júnior; o superintendente do Aeroporto Carlos Drumond de Andradede/Pampulha, Mário Jorge Fernandes de Oliveira; o diretor-presidente da BH Airport – Concessionária do Aeroporto Internacional de Confins, Paulo Cesar de Souza Rangel; os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e de Confins, Celso Antônio da Silva; e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Lindolfo Coelho Paoliello.

Também são aguardados o vereador Professor Wendel, de Belo Horizonte; o diretor de Planejamento e Alianças da Azul Linhas Aéreas – Barueri/SP, Marcelo Bento Ribeiro; o presidente da Associação de Desenvolvedores do Vetor Norte, Gilson Brito Júnior; o integrante da Associação Pró-Civitas dos Bairros São Luís e São José, Carlos Conrado Pinto Coelho; o integrante da Associação dos Moradores do Bairro Jaraguá, Rogério Carneiro de Miranda; o integrante da Associação do Bairro Pampulha, Sandra Vidigal; o presidente da Héstia Consultoria e ex-subsecretário de Investimentos Estratégicos de Minas Gerais, Luiz Antônio Athayde Vasconcelos; o presidente do Sindicato dos Aeroviários de Minas Gerais, Paulo de Tarso Gonçalves Junior, e o diretor da Força Sindical, Valter de Assis Aguiar.

A audiência para avaliar o possível retorno dos voos ao aeroporto da Pampulha acontece nesta terça-feira (25/04/17), às 10 horas, no auditório da ALMG.

Verifique também

ARANTES CONCEDE TÍTULO DE UTILIDADE PÚBLICA PARA ASSOCIAÇÃO DA BOCA DA MATA EM ARCOS

O deputado Estadual Antonio Carlos Arantes, por meio da Lei 23.715/2020, concedeu o título de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *