Início » Destaque » Deputado Arantes anuncia descrença dos produtores rurais nos órgãos de segurança

Deputado Arantes anuncia descrença dos produtores rurais nos órgãos de segurança

Violência cresce no campo e população adota medidas alternativas para se proteger

 

 

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) afirmou nesta terça-feira (01/12/15) que a população do interior está abandonada e para se defender está adotando medidas alternativas de segurança. A afirmação foi feita durante audiência da Comissão de Segurança Pública que tinha como objetivo discutir a adoção de medidas urgentes para conter o aumento da criminalidade no município de Santa Rita do Sapucaí.

 

De acordo com o deputado Arantes, na região de São Sebastião do Paraíso e em Jacuí, sua terra Natal, os produtores rurais estão usando o aplicativo WhatsApp para monitorar a ação dos bandidos na região. O deputado citou algumas mensagens enviadas e relatou trechos de conversas dos membros do grupo descrevendo a barbaridade com que os crimes são cometidos.

 

O deputado Arantes lembrou que os produtores rurais são as maiores vítimas da violência. “Quanto mais apertam os bandidos na capital ou nas cidades grandes, mais eles fogem para o interior, fazendo reféns e massacrando quem não tem como se defender em sua própria casa. Os que tinham armas tiveram que entregá-las ou foram tomadas pelas autoridades. Enquanto isso, com os bandidos isso nem sempre acontece, lamentou”.

 

Segurança Pública em Minas tem verba de custeio reduzida no governo Pimentel

 

O deputado Antônio Carlos Arantes denunciou que o Brasil está sem rumo e a violência tende a piorar, com a descrença da população nas forças de segurança. Segundo ele, só se ouve falar em roubo, desvio e corrupção. “Com uma pequena parte dos milhões que estão roubando daria pra resolver o problema da segurança em Minas”, garantiu.

 

Ainda segundo o deputado Arantes o governador Pimentel, que alegava que o Estado estava quebrado, deu provas de que isso não era verdade. “Pimentel criou secretarias, criou muitos cargos de confiança e aumentou salários de quem já ganhava muito. Então, não estava quebrado, mas, mesmo assim, ele reduziu os investimentos na área de segurança pública. Se compararmos com o governo Anastasia, a queda é clara. Os dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) mostram que, em 2014, Anastasia gastou com custeio na segurança R$ 358 milhões. Este ano, 2015, Pimentel gastou apenas R$ 214 milhões. A diferença é gritante”, ressaltou deputado Arantes.

(Texto e fotos: JC Junot)

 

Assista ao pronunciamento do deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB) feito nesta terça-feira (01/12/15), na audiência da Comissão de Segurança Pública: https://www.youtube.com/watch?=q3g7FnGgID0&feature=youtu.be

Verifique também

DEPUTADO ARANTES REFORÇA AÇÃO PARA A CONEXÃO MINAS-LÍBANO

O deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB) se reuniu na terça-feira (03.09) com a presidente da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *