Início » Guapé » Deputado Arantes cobra de secretários a conclusão da rodovia Pimenta-Guapé

Deputado Arantes cobra de secretários a conclusão da rodovia Pimenta-Guapé

Em recente audiência na Assembleia Legislativa o deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) cobrou dos secretários de Estado da Fazenda, José Afonso Bicalho, e de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, a conclusão da rodovia MG-170, que liga os municípios de Pimenta a Guapé. “Já temos 85% da estrada concluída. Falta muito pouco para ficar pronta. E a demora tem prejudicado o que já foi feito, o que pode ser considerado um claro desperdício de recursos”, explicou Arantes.

Helvécio Magalhães explicou que os recursos são poucos e muitas são as demandas dos municípios, mas se comprometeu a priorizar o pedido do deputado devido à sua insistência para que o governo disponibilize a verba necessária para a conclusão da rodovia.

O deputado falou que o secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, disse para os prefeitos de Pimenta e Guapé que não havia recursos para a conclusão da estrada. “O que a gente vê é que um secretário não se comunica com outro. Um afirma que a pavimentação vai ser concluída e o outro fala que o Governo não tem recursos”, criticou Antônio Carlos, garantindo que continuará cobrando a conclusão dessa importante estrada para a região.

Arantes justificou que a rodovia é uma ligação estratégica entre o Sul de Minas e o Centro-Oeste do Estado que levará muito mais desenvolvimento socioeconômico a essas regiões. “Esse é um sonho antigo da população de Pimenta e também das cidades de Guapé, Ilicínea, Boa Esperança, dentre outras, que utilizam muito esse trecho. Com essa estrada asfaltada, será possível dar uma alavancada no turismo da região de Furnas, melhorarmos o acesso ao distrito de Santo Hilário, um dos cartões-postais da região”, disse o deputado.

Luta antiga

 Arantes tem lutado pelo asfaltamento da rodovia desde 2007, quando promoveu na ALMG um debate para discutir as potencialidades e problemas da região do Lago de Furnas. Ao final da audiência, ficou definido que a pavimentação da MG-170 seria uma das prioridades do seu mandato. E assim tem sido até hoje.

Ao longo desses nove anos, o parlamentar, juntamente com o parceiro e amigo, deputado federal Carlos Melles (DEM), ambos apoiados por prefeitos, vereadores e lideranças da região, lutam incansavelmente para concretizar esse sonho antigo.

Antônio Carlos lembrou de quando Melles era o secretário de Tranportes e Obras Públicas no Governo de Antonio Anastasia (PSDB) e conseguiu a inclusão dessa obra no programa “Caminho de Minas”. “Esse foi, com certeza, um grande avanço que mostrou a força política do secretário Melles e a sensibilidade do governador Anastasia”, disse Arantes.

De lá para cá, foram inúmeras reuniões com o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) à época, José Élcio Monteze, para acompanhar cada etapa dessa conquista e cobrar agilidade do Departamento.

Lembro que, em março de 2013, foi publicado no Diário Oficial do Estado (Minas Gerais), a definição da empresa Planex para realizar a consultoria de planejamento e execução das obras. Eu e o prefeito Ailton Faria ficamos muito satisfeitos na época. É uma estrada de trechos sinuosos, com muitas curvas e, por isso, merecia um planejamento bem executado”, contou o deputado.

Além das reuniões no DER, cobramos a rodovia em audiências públicas na Assembleia Legislativa e na região, assim como cobramos do Governo a liberação de recursos para essa importante obra. “Agora que falta pouco, vamos intensificar nosso trabalho junto com o deputado Melles e as lideranças da região”, prometeu Arantes, que fez questão de agradecer a todos os envolvidos na realização desse sonho antigo: “quero agradecer os governadores Aécio e Anastasia, o meu parceiro Carlos Melles, o José Élcio enquanto esteve à frente do DER, os prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios envolvidos que confiaram na gente”.

Prefeito Sapinho e Melles na MG-170

Mais segurança para os moradores de Pimenta

Além da estrada, os políticos solicitaram a construção de uma rotatória e de uma alça viária (anel rodoviário) de 2 km para tirar o tráfego, principalmente de veículos pesados, de dentro da cidade de Pimenta. “Com a conclusão da rodovia que liga Pimenta a Guapé, a circulação de caminhões no município vai aumentar, o que prejudicará a conservação de nossas ruas. Quem passar pela estrada e estiver indo a Guapé, não precisará entrar em Pimenta. Essa rotatória e essa alça viária são de fundamental importância”, disse o prefeito.

Verifique também

GOVERNADOR ZEMA ANUNCIA VOLTA DA EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL PARA 894 ESCOLAS

Compartilho com satisfação o anúncio do Governador Romeu Zema que autorizou a expansão, já para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *