Início » Arceburgo » Deputado Arantes libera recursos no governo para a área da saúde

Deputado Arantes libera recursos no governo para a área da saúde

Sete municípios serão beneficiados, garante secretário de Estado

 

Texto e fotos: Juvenal Junot

 

 

deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) se encontrou nesta terça-feira (28/07) com o secretário de Estado da Saúde Fausto Pereira dos Santos e a equipe gestora do sistema de saúde do Governo de Minas. Na pauta, uma longa lista de reivindicações elaborada por ele e pelo deputado federal Carlos Melles envolvendo benefícios para sete cidades do Sul, Sudoeste e Centro-Oeste de Minas: São Sebastião do Paraíso, Paraguaçu, Muzambinho, Oliveira, Piumhi, Cristais e Arceburgo.

 

Esta foi uma das reuniões mais importantes realizadas este ano na área da saúde para a nossa região. Apresentamos uma relação de convênios e verbas pendentes que aguardam a liberação por parte do Governo do Estado e o secretário Fausto, num gesto de sensibilidade extrema, liberou algumas e se comprometeu a estudar e a liberar as outras, na medida do possível”, comemorou Arantes.

 

deputado estava acompanhado do assessor do deputado Melles, Claudinho, e de uma comissão de Muzambinho composta pela presidente do Lar São Vicente de Paulo, MaizaCabral; do vice-presidente, José Amélio dos Santos, e do gestor da Santa Casa da cidade, Luiz Carlos Dias.

 

 

Solicitações feitas ao secretário de Estado da Saúde

 

secretário de Estado de Saúde Fausto Pereira dos Santos recebeu com bastante interesse a pauta de reivindicações e se demonstrou solidário a todas elas. “A saúde é uma necessidade premente e estamos fazendo o possível para colocar as contas em dia,” afirmou.

 

Sobre Muzambinho, o deputado Arantes lembrou que estava ali com a presidente do Lar São Vicente de Paulo, Maiza Cabral, para revindicar a renovação do convênio do Estado com a entidade, o que permitirá o uso da verba de R$ 85.000 para término das obras de construção de novos apartamentos. “Estamos hoje com 71 idosos e precisamos ampliar nosso atendimento”, justificou a presidente. O secretário determinou que fosse renovado o convênio e que fosse solucionado o impasse burocrático surgido com a paralisação das obras. Ainda para Muzambinho, o gestor da Santa Casa da cidade, Luiz
Carlos Dias, 
pediu a inclusão do hospital na rede de urgência e emergência do Estado.

 

Para Arceburgo, o secretário estadual de Saúde determinou de imediato o pagamento integral do convênio assinado em 2014 com a prefeitura de Arceburgo, que previa a liberação deR$ 50 mil para a compra de medicamentos. Desse convênioa cidade havia recebido somente R$ 2.500. “Agora receberá os R$ 47.500 restantes”, garantiu o secretário.

 

Para São Sebastião do Paraíso, o secretário Fausto autorizou a liberação de mais uma parcela de R$ 129.575,50 do convênio assinado em 2013 com a Santa Casa de Misericórdia para ampliação da UTI. O deputado Antônio Carlos Arantes aproveitou para agradecer, em seu nome e no nome do deputado Melles, a liberação total do convênio no valor de R$ 803.673,64que já está sendo usado na reforma e ampliação da hemodiálise, também da Santa Casa.

 

Para o município de Oliveira, a continuação da construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do distrito do Morro do Ferroreivindicada pelos vereadores Geraldo Atos de Barros e Venício dos Santos, o secretário Fausto garantiu que em meados de agosto a UBS entrará no programa de construções do Governo do Estado. Do convênio assinado em 2013 com o município, no valor de R$ 918.334,62, só haviam sido liberados R$ 93.870,26.

 

Para Piumhi, o deputado Arantes explicou que a UBS Maria Resende está pronta desde fevereiro de 2015 e que prefeito Craidinho aguarda a liberação de R$ 142.000 para a compra de equipamentos e mobiliários. O secretário estadual de saúde justificou dizendo que este é um problema que o Estado vem enfrentando em outras regiões. “Temos unidades prontas, mas que não estão funcionando por falta de equipamentos. Estamos fazendo um levantamento de demanda para saber o que temos que comprar”, disse.

 

Sobre o município de Cristais o deputado Arantes alertou para o fato de uma cidade com 12 mil habitantes e mais de 60 empresas de facções de costura não fazer parte da Rede Farmácia de Minas. O secretário concordou e ficou de acionar a área farmacêutica do governo para avaliar o pedido do vereador Hilbraine Morais Pereira e ver se esta alternativa é viável.

 

Para o município de Paraguaçu, onde o prefeito Evandro Barbosa Bueno espera a liberação de três convênios assinados no ano passado no valor total de R$ 300.000 para a compra de materiais odontológicos, equipamentos de laboratório e de fisioterapia, o secretário adiantou que estes valores ainda aguardam lugar no cronograma do Estado”.

 

Verifique também

INCENTIVO AO CONSUMO DE LEITE NO ESTADO

Para me entregar mais uma edição da revista Fecoagro Leite Minas, estiveram em meu gabinete …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *