Capa » Monte Santo de Minas » Deputado Arantes participa de entrega de casas rurais em Monte Santo
Deputado Arantes participa de entrega de casas rurais em Monte Santo

Deputado Arantes participa de entrega de casas rurais em Monte Santo

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB) participou, na sexta-feira (21/03), da solenidade de entrega de 21 casas do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) no município de Monte Santo de Minas. Arantes foi quem, há dois anos, levou o Programa para a cidade por meio do trabalho da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Lago de Furnas (Adeslago) em parceria com o Banco do Brasil. O projeto ainda contou com o apoio do vice-prefeito, Daniel Moraes, de vereadores, como Sandra Soares e Paulo Márcio e de lideranças, como Dante, Maria José, Dão e José Fichina, entre outros.

Em seu discurso, o deputado lembrou que, sem a participação de todos, não haveria a possibilidade de se instalar o programa na cidade. Arantes ressaltou que, graças a seu trabalho, já foram construídas mais de 1.500 casas no Estado. “Seguirei lutando para que o produtor rural tenha condições de continuar no campo com uma moradia digna”, disse o deputado.

A vereadora Sandra Soares, que trabalhou voluntariamente do início ao fim do projeto, ressaltou que sem a orientação, ajuda e apoio do deputado Antônio Carlos não teria conseguido entregar as casas. “O deputado nos apresentou ao projeto e nos deu todo o apoio para que não deixássemos os produtores perdidos durante o processo, que é lento e burocrático. Só tenho a agradecer o deputado”, afirmou a vereadora.

Daniel Moraes, vice-prefeito de Monte Santo de Minas, lembrou que, no início do projeto, algumas pessoas não acreditaram que daria certo e chegaram a colocar o trabalho do deputado em xeque. “Muitos falavam que isso era obra de época de campanha, que não passaria de promessa. Hoje, mostramos que o trabalho de um homem sério como Antônio Carlos Arantes, sempre preocupado em ajudar o próximo, dá resultado. Agradeço ao deputado pelo trabalho”, disse Moraes.

Izaías Donizete Machado, um dos beneficiários, fez questão de falar sobre o trabalho de Arantes. “A partir de hoje, tenho minha casa e estou muito satisfeito. Podemos ver que Antônio Carlos é um político do bem e que irá nos ajudar e muito ainda”, contou Izaías.

Arantes lembrou aos presentes que Monte Santo de Minas ainda tem muitos problemas para serem resolvidos nas áreas de saúde, educação e principalmente em segurança. “Vou usar o mandato para continuar a cobrar do governo ações para minimizar os problemas”, afirmou o parlamentar. O deputado fez questão de agradecer o apoio da Adeslago, da Emater e da Associação dos Produtores Rurais. “Todos deram sua preciosa contribuição para chegarmos ao melhor resultado”, elogiou Arantes.

O Programa

O Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) concede subsídios com recursos do Orçamento Geral da União (OGU) aos beneficiários (pessoa física), agricultores familiares ou trabalhadores rurais, em grupos através de uma Entidade Organizadora, nesse caso a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Lago de Furnas (Adeslago).

O PNHR faz parte do programa federal Minha Casa, Minha Vida e objetiva reduzir o déficit habitacional rural, incentivando a manutenção da família no campo e oferecendo moradia digna por meio da construção de novas moradias. As unidades habitacionais deverão atender às condições mínimas estabelecidas pelo programa, garantindo qualidade, soluções de água, esgoto, iluminação, segurança e habitabilidade.

Pessoas físicas, trabalhadores rurais e agricultores familiares, com renda familiar bruta anual máxima de R$ 15.000,00, considerado o valor total da renda de enquadramento rebatida indicada na DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf (Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e que comprovem seu enquadramento no PRONAF “B”. São também beneficiários do programa e se enquadram como agricultores familiares: pescadores artesanais, extrativistas, silvícolas, aquicultores, maricultores, piscicultores, ribeirinhos, comunidades quilombolas, povos indígenas e demais comunidades tradicionais.

Os recursos são oriundos do Ministério das Cidades e os Gestores Operacionais e Financeiros do PNHR são os Bancos do Brasil e a Caixa Econômica Federal, instituições responsáveis pelo repasse dos recursos e a contratação das moradias rurais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*