Início » Notícias » Deputado Arantes propõe debate sobre startups mineiras

Deputado Arantes propõe debate sobre startups mineiras

Comissão de Desenvolvimento Econômico da ALMG fará audiência sobre o tema

 Na contramão da crise econômica que tem assolado o País, o mercado das startups (empresas iniciantes focadas em inovação tecnológica e ligadas ao uso da internet) tem crescido. Esse fenômeno chamou a atenção do deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB), que decidiu convocar uma audiência pública para debater o crescimento dessas empresas em Minas e as principais dificuldades encontradas pelos empresários do setor.

“As startups representam um segmento relativamente novo da nossa economia que gera renda e emprego e promove o desenvolvimento de Minas. Queremos ouvir esses empreendedores, na sua maioria jovens, e somar no que for possível”, explicou o presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O deputado justificou que a audiência é mais do que pertinente e importante, uma vez que há uma verdadeira comunidade digital em território mineiro. Em Belo Horizonte, estão reunidas mais de 120 startups no tradicional bairro São Pedro e região, o que rendeu ao lugar o apelido de San Pedro Valley, uma referência ao americano Silicon Valley — ou Vale do Silício, em português — região da Califórnia onde estão concentradas as empresas de tecnologia como Google, Facebook e Apple. O apelido teve sua origem numa brincadeira entre dois empresários do ramo.

“O crescimento aconteceu muito rápido. Acabou ultrapassando os limites do bairro. Hoje, San Pedro Valley é essa comunidade digital. A tendência é que esse número siga aumentando exponencialmente nos próximos anos. Queremos entender esse novo mercado, ajudar a impulsionar mais ainda o trabalho desses bem-sucedidos empreendedores”, argumentou Antônio Carlos.

Em janeiro de 2014, o governo de Minas criou o Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed), um escritório compartilhado de 900 metros quadrados que reuniu 40 novas empresas, ou startups, nacionais e estrangeiras, cujos projetos foram escolhidos pelo governo mineiro. Essas novas empresas se juntaram ao conjunto de outras que fazem parte do San Pedro Valley.

Os empreendedores selecionados — vindos de seis países e sete estados brasileiros — receberam até 80.000 reais para tirar suas ideias do papel, além de receber mentorias de especialistas em negócios da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e de empresários do segmento.

Foram convidados empreendedores, representantes do governo de Minas, Fapemig, Fiemg, Jucemg, Sebrae, professores universitários, pesquisadores, representantes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (CDL´s) e das Associações Comerciais de Minas Gerais.

Serviço

Evento: Audiência Pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico discute situação das startups mineiras

Data: 17 de maio (3ª feira)

Horário: 15 horas

Local: Plenarinho III

Verifique também

DEPUTADO ARANTES REFORÇA AÇÃO PARA A CONEXÃO MINAS-LÍBANO

O deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB) se reuniu na terça-feira (03.09) com a presidente da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *