Capa » Agricultura » DEPUTADO ARANTES REÚNE-SE COM REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO IMA PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DA PONKAN
DEPUTADO ARANTES REÚNE-SE COM REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO IMA PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DA PONKAN

DEPUTADO ARANTES REÚNE-SE COM REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO IMA PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DA PONKAN

A pedido do prefeito de Campanha, Luiz Fernando, e do presidente da Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros das Ceasas Minas Gerais (Aphcemg) Ladislau Jerônimo (Lauzinho), o deputado Antonio Carlos Arantes reuniu-se com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) para discutir a situação dos produtores de ponkan.

Na pauta, dois assuntos que estavam preocupando os produtores: a obrigatoriedade de se retirar as folhas da fruta para o transporte, o que, de acordo com a Lei Fitossanitária impede a transmissão de doenças, e a informação de que o IMA começaria a multar quem não cumprisse a legislação.

Participaram o diretor o IMA Tales Fernandes e o técnico Aírton Bezerra; o chefe do Serviço de Sanidade Vegetal do MAPA Gílvio Westin Cosenza e o adjunto Augusto Carlos; o presidente Lauzinho; o prefeito Luiz Fernando e o seu secretário de Governo, Luiz Geraldo, e o Sérgio Amorim.

Deputado Arantes falou da preocupação dos produtores: “Todos estão apreensivos com essa situação, porque representaria mais um custo. Então, queremos uma solução que atenda aos produtores sem que isto se torne mais um problema”, argumentou.

Diante dos questionamentos, o chefe do MAPA tranquilizou os produtores: “Em Minas Gerais, apenas três municípios apresentam doenças cítricas. Então, ainda não há exigência do tratamento da ponkan, mas os produtores devem se preparar para fazer isto o futuro, se necessário”, afirmou.

Sobre a informação de que o IMA começaria multar quem não obedecesse a legislação, o diretor Tales Fernandes explicou: “A retirada das folhas está prevista na legislação de 2009. O objetivo é proteger as lavouras de pragas e com isso manter a produção e o emprego de quem vive das frutas, mas a nossa ação, num primeiro momento, é somente de notificar o produtor, caso haja alguma coisa errada”, ressaltou.

Esclarecida a situação, o prefeito de Campanha, Luiz Fernando, agradeceu o deputado Arantes e aos representantes do IMA e do MAPA: “O município tem mais de 100 produtores de Ponkan e a maioria ainda está se adequando à legislação. Fazer o tratamento, a lavagem da fruta é um custo a mais para o produtor e nem todos têm como arcar”, afirmou.

O presidente a Aphcemg, Lauzinho, recebeu a notícia com alívio: “Essa notícia é muito boa para os produtores e para os consumidores. Vamos poder respirar aliviado, porque a situação não tá boa para quem produz”, agradeceu.

No final, Arantes gradeceu a disposição dos representantes do Mapa e do IMA em discutir o problema: “Nossa intenção é manter o produtor informado da legislação e sempre lutar por leis de fácil aplicabilidade, com um custo dentro da realidade do produtor”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>