Início » Bom Despacho » Guaranésia e Bom Despacho recebem médicos da UFMG

Guaranésia e Bom Despacho recebem médicos da UFMG

Prefeito de Bom Despacho e dep.O deputado Arantes indicou a universidade para ser parceira dos municípios

 

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSDB), sempre preocupado com as melhorias na área de Saúde da região, indicou os municípios de Guaranésia e Bom Despacho para firmarem convênio com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Os residentes de Medicina fazem parte do Internato em Saúde Coletiva, mais conhecido como Internato Rural.

Arantes indicou todos os municípios da região. Jacuí já firmou o convênio. O parlamentar espera que todas as cidades abracem o projeto da UFMG para melhorar o atendimento na área de saúde das suas comunidades.

A partir de julho, Guaranésia terá dois médicos do programa e Bom Despacho contará com seis profissionais. João Carlos Minchilo e Fernando Cabral, prefeitos das referidas cidades e apoiados pelo deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), explicam que foram apresentados ao programa pelo parlamentar e de imediato assumiram o compromisso de oferecer o serviço à população. “Agradeço o empenho do deputado Antônio Carlos em trazer para nós a oportunidade de termos serviços de saúde qualificado para a população”, falou Minchillo, prefeito de Guaranésia.

O professor e médico Francisco Rubió, supervisor do programa, também é outro que agradece o trabalho de Antônio Carlos Arantes. “O deputado, sensível às dificuldades dos municípios, sempre nos ajuda na divulgação e na escolha de cidades que possam receber nossos acadêmicos. Com isso, ajuda a todos. A intenção é que, por meio de Arantes, a gente possa chegar em muitas áreas do Estado”, afirmou Rubió, da Faculdade de Medicina da UFMG.

O Internato em Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina da UFMG tem como finalidade permitir aos alunos entenderem como funciona um sistema municipal de saúde e também colaborar para o seu desenvolvimento por meio de projetos. A carga horária de trabalho é de 32 horas, que devem ser divididas em diferentes atividades mediante combinação com a Secretaria Municipal de Saúde.

O deputado explicou que teve conhecimento do projeto por meio do professor Raphael Augusto Teixeira de Aguiar, do Departamento de Medicina Preventiva e Social da UFMG e pensou logo nos municípios onde é majoritário. “Minha intenção é levar este projeto a todos os lugares possíveis, pois assim estamos contribuindo para a melhora da saúde de nossa população”, salientou Arantes.

 

Objetivos e Convênios

O objetivo básico do Internato Rural é propiciar aos estudantes a oportunidade de melhor apreenderem as relações entre Medicina e Sociedade pela vivência no interior de Minas Gerais, em municípios, atuando nos serviços públicos se saúde.

O princípio pedagógico em que se apóia a disciplina é o mesmo que orientou o processo de desenvolvimento curricular da Faculdade de Medicina da UFMG, ou seja, vincular a docência aos Serviços Públicos de Atenção Médica.

 Para a implantação e pleno funcionamento do estágio curricular, firmaram-se convênios envolvendo a UFMG e as Prefeituras. A UFMG se compromete a fornecer supervisão didática pedagógica através de seus docentes. Os alunos atuam na rede de serviços da saúde do município e as Prefeituras se comprometem a fornecer o alojamento, alimentação e transporte para os alunos, quando de sua visita aos postos de saúde na zona rural.

Verifique também

DEPUTADO ARANTES CUMPRIU EXTENSA AGENDA EM POÇOS DE CALDAS NA SEXTA-FEIRA

Em Poços de Caldas fiz uma série de visitas onde discutimos projetos para diversas áreas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *