Capa » Agroindústria » MINISTRO DA AGRICULTURA PRORROGA PRAZO DE PAGAMENTO DE DÍVIDAS DO SETOR LEITEIRO
MINISTRO DA AGRICULTURA PRORROGA PRAZO DE PAGAMENTO DE DÍVIDAS DO SETOR LEITEIRO

MINISTRO DA AGRICULTURA PRORROGA PRAZO DE PAGAMENTO DE DÍVIDAS DO SETOR LEITEIRO

O presidente da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB), acompanhado do deputado estadual Nozinho (PDT) e dos deputados federais Carlos Melles (DEM) e Marcos Montes (PSD), foi recebido em audiência pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, na quarta-feira (22/11/2017), em Brasília, para tratar de problemas do setor leiteiro do Estado.

Participaram da reunião o secretário de Políticas Agrícolas do Mapa, Neri Geller; presidente da Comissão Técnica de Pecuária de Leite do Sistema Faemg, Eduardo Carvalho Pena; opresidente da Associação Brasileira de Leite (Abraleite), Geraldo Borges, e os prefeitos de Campanha, Nando de Belmiro, e de Campos Gerais, José Eugênio da Silva.

Durante o encontro, o deputado Arantes apresentou reivindicações feitas na audiência pública realizada na ALMG, em 26/10/17, para debater a crise no setor. Entre elas, a prorrogação dos financiamentos dos produtores. Em resposta, o ministro Blairo Maggi informou que o Banco do Brasil está autorizado a prorrogar, por um ano, o prazo para pagamento dos financiamentos para custeio e investimentos agropecuáriosO ministro também anunciou a liberação de R$ 40 milhões para a compra de leite direto dos produtores pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)Além disso, pediu ao secretário Neri Geller para estudar uma proposta mais robusta de compra de leite, pelo programa de Aquisição do Governo Federal (AGF), para a população de baixa renda.

O deputado Antonio Carlos Arantes comemorou a decisão: “Essa é uma ótima notícia para os produtores, que vivem uma de suas maiores crises. Mas precisamos de muito mais do que isso para salvar um setor que está diminuindo em todo o paísE isso significa menos empregos no campo. Precisamos de uma decisão maior do governo”, afirmou Arantes.

O deputado ressaltou que a audiência pública realizada em Belo Horizonte foi importante para o empenho do ministro Maggi: “Foi o clamor do setorprimeiro na cidade de Prata, onde mobilizou mais de mil produtores, e depois na Assembleia de Minas que sensibilizou o ministro”. O deputado Arantes também fez questão de agradecer o empenho dos deputados federais Domingos Sávio (PSDB), Evair Vieira de Melo (PV-ES) e Nílson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária da Câmara dos Deputados. Arantes ainda destacou o trabalho do Sistema Faemg, em arregimentar os produtores, e também da Abraleite. “Eles foram muito importantes nessa conquista”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>